04/10/2012

a felicidade exige valentia

Hoje fizemos um almoço de despedida de um colega com quem a empresa rescindiu o contrato que tinha há 14 anos.

Foi num cantinho barato, 8€ o menú completo a condizer com os tempos em que vivemos.

No fim, já regressados ao trabalho e em jeito de despedida ele enviou-nos um email com este texto:


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes mas, não
esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo, e posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no
recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da Vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter seguranca para receber uma crítica, mesmo que injusta

Fernando Pessoa




Sem comentários: