04/09/2006

Carros de Foc: Restanca / Ventosa i Calvell

A penúltima etapa saíu de Colomers e acabou no Ventosa i Calvell, passando pelo refúgio La Restanca. Este refúgio fica desviado do caminho obrigando a descer, e a subir, 600 m de desnível só para trazer o carimbo na mala.


Lá ao fundo está um dos objectivos adiado: Besiberri N



Refúgio de La Restanca.

Depois de termos deixado as mochilas mais acima fizemos os 600 m de desnível, necessários para cumprir o circuito e trazer mais um carimbo no forfait.



Já com as mochilas às costas, a caminho do refugio onde iríamos dormir: Ventosa i Calvell


Torres de Travesany. Um local ideal para quem gosta de escalada clássica.


Ventosa i Calvell.

Este refúgio é um dos meu favoritos. Para além de ter sido completamente remodelado, como serve de apoio a uma série de ascensões, é frequentado por um úblico diferente, mais montanheiro. O tipo de conversas é outro e o verdadeiro espíriotop de partilha de mesas e experiências é mais genuino.

Por outro lado fica suspenso sobre o Estany Negre que é de tirar a respiração.

A noite que passei aqui foi de sofrimento pois já levava os joelhos a doer. O pior é que a etapa seguinte seria a mais dura pois implicava a passagem do col de Contraix a 2748 m. O mais alto e mais duro passo desta travessia...

Sem comentários: