23/01/2007

Altitude: 49 cm



Nasceu mais uma montanha.



Desta vez a sua altitude é variável. Vai crescendo ao longo do tempo e por mais treino que haja a sua subida vai ter muitos sucessos e insucessos.

Um sonho tornado realidade: Gaspar. A montanha mais fantástica que tive pela frente.



Nasceu no dia 20 de Janeiro com 3050 g e 49 cm.




11 comentários:

Anónimo disse...

parabéns ao papá!!!!
não me canso de ligar ora um blog ora outro, para ver se aparecem novas imagens!!!!
estou muito feliz por vocês!
merecem!

muitas montanhas para vocês e poucas vertigens na caminhada!

beijitos dos açores
silvia e rui

zm disse...

Já te parabenzei de viva voz, mas aqui fica o meu PARABÉNS electrónico. Como é habitual (a natureza tem destas coisas) este recém-nascido é parecidíssimo com o pai. Julgo ver-lhe traços da Mana Magana. Está curtido o sacana.
Beijinhos à mãe e um forte abraço ao pai, acabado de inscrever na parte B da humanidade (a dos que têm filhos).
Quando chegará o primo (ou prima)?
Felicidades aos Silva no geral e ao amoroso Gaspar em particular.
ZM

andré disse...

Mais uma vez parabéns aos dois, que a "montanha" foi bem feitinha e bem parida :)
Sempre que for preciso nesta grande escalada, cá estará o sherpa pronto para ajudar no que for possível.

Toca a trepar!

Rebel Alliance disse...

MUITOS PARABÉNS!!

dora disse...

beijo lindo para os três !!!!

L.G. disse...

Parabéns! Gostei de te reencontrar aqui. Abraço! Luís

sonia disse...

parabens! aqui de longe sai ao pai!

Sara Lambelho disse...

Já deixei um beijinho à mamã ... agora deixo um ao papá. :)

É lindo aquariano, o vosso Gaspar!

Parabéns, amigo.

lopez disse...

parabéns!!! o kerubim é mesmo... sei lá... giro! :)

Anónimo disse...

Parabéns aos papás... tudo de bom para vocês, pois a vida agora muda e muitas vezes é preciso escalar a montanha mais alta para compreendermos esta nova vida que touxemos a este mundo.

Beijinhos
Helena Valente (OFM- ainda)

Filipa Soares disse...

Ainda me lembro...da marianita assim...agora com 5 anitos...feitos à dias...

O tempo passar num instante...
agarrar momentos destes é de repetir, incessantemente...

tudo de bom...

Filipa Soares