31/01/2006

Tatuagens urbanas

Por essa Lisboa fora ainda se vão encontrando algumas tatuagens urbanas interessantes...



Costa do Castelo, 28 Janeiro 2006

19/01/2006

Herdade do Reguenguinho

Neste Natal uma das muitas prendas que me calhou (oferecida pela Ana) foi um voucher para duas pessoas para passar um fim de semana na Herdade do Reguenguinho.



Foi com esse voucher na mão que nos dirigimos, no fim de semana passado, ao Alentejo.

Chegámos sexta feira já o termómetro marcava 5ºC. A Herdade do Reguenguinho fica a 4km do Cercal e nesta altura do ano sente-se que o Alentejo é uma província de grandes amplitudes térmicas.

O quarto escolhido foi o quarto amarelo, que tem uma lareira, e numa das paredes uma peça decorativa que indica que este é o quarto do cheiro.

O nome não podia estar mais bem aplicado pois passada uma hora com a lareira a funcionar o cheiro a fumo espalhou-se e entranhou-se em tudo o que lá estava dentro. O entusiasmo e o fecho de uma semana de trabalho fizeram com que o sono levasse a melhor, mas haveríamos de tentar mudar de quarto.



De manhã o sol entrou sem convite pela janela que ficava aos pés da cama provocando-nos a sensação de uma transfusão de sangue novo em folha.

A sessão de fotografias começou ainda em pijama pois não queríamos perder pitada daquele espectáculo de luz matinal.



O pequeno almoço é tomado numa sala comum que está na casa principal. É um verdadeiro manjar dos deuses desde o pão alentejano fresquinho aos sumos naturais de laranja ou ananás.

O resto do dia foi passado a cirandar pelas redondezas: moinho da asneira, Vila Nova de Milfontes, Campo Redondo, uma tentativa, frustrada devido à chuva, de visitar a capela da Sra das Neves e acabou na Tasca do Celso, em Vila Nova de Milfontes, que recomendo vivamente.

De regresso à herdade tínhamos o quarto azul, com cama de casal e sem cheiro, preparado para nos receber. Recomendo este a quem lá queira ficar. É o quarto do "ver".

A preguiça foi rainha e o pequeno almoço do dia seguinte começou às 11:30 e acabou às 13:00.

Foi com uma certa inércia que nos despedimos da Susana, do Ricardo e do Vasco, os proprietários da herdade, com promessas de regresso...

Mais fotos na galeria aqui ao lado.

09/01/2006

Um passeio pelo parque

Ontem à tarde saímos de casa com o objectivo de visitar o pavilhão do cohnecimento no Parque das Nações mas a luz do fim de tarde e o potêncial fotogénico do Parque fizeram-nos perder o tempo a olhar através da objectiva.

Aqui ficam alguns registos.